Guerrero Flamengo Fluminense Taça Guanabara 2017
Que fase, Paolo! No Flamengo, Guerrero chega à melhor média de gols da carreira
02 Maio 00:23
Fla-Flu Maracanã final Carioca 2017 primeiro jogo
Fla e Flu têm maior lucro no Carioca no Rio, mas levam apenas 34% da renda do Maracanã
02 Maio 16:28

De Jairzinho a Jair: Botafogo pode alcançar melhor pontuação na Libertadores em 44 anos

Edição do Jornal O Globo de 1973 exalta o gol de Jairzinho sobre o Palmeiras no Maracanã

Perdoem o clichê, mas há coisas que só mesmo o Botafogo é capaz de tornar real. Unir gerações e reverenciar a própria história com travessuras que nos deliciam apenas com um simples constatar. Uma curiosidade familiar que o futebol pode dar a proporção de massa. Do pai até o filho. De Jarzinho a Jair. Quatro décadas depois, o filho, em seu 50o jogo no comando do Botafogo, nesta terça-feira, às 21h45, no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, contra o Barcelona de Guayaquil, tem a chance de atingir a melhor pontuação do clube em uma primeira fase de Libertadores desde 1973. Quando o pai estava no comando de ataque do Glorioso.

Naquele ano, o Botafogo chegou à semifinal da competição após uma disputa emocionante. Resolvida por Jairzinho. No Grupo 2, ao lado de Palmeiras, Nacional e Peñarol, ambos do Uruguai, o time terminou a primeira fase com quatro vitórias, um empate e uma derrota. Como na época cada triunfo valia dois pontos, o time chegou a nove, mesmo número do Palmeiras. Foi necessário, então, um jogo de desempate para definir quem avançaria de fase.

Jair Ventura Botafogo 2017 Taça Rio

Jair completa 50 jogos no comando

Com melhor saldo de gols do time carioca, a partida ocorreu no dia 29 de março, no Maracanã. 88.890 pessoas prenderam o fôlego até os 43 minutos do segundo tempo, quando Jarzinho recebeu bola de Fischer e com um chute cruzado venceu o goleiro Leão, garantindo a vitória por 2 a 1. O Maracanã explodiu com a felicidade da classificação. Uma alegria na primeira fase da competição continental que pode ser repetida agora, também com um Jair como destaque.

Mais de quatro décadas depois, o Botafogo lidera atualmente o Grupo 1 da Libertadores com sete pontos em três partidas. A pontuação já é igual à atingida nas duas últimas participações na maior competição sul-americana. Em 1996, o time se classificou graças ao regulamento generoso e mesmo em terceiro lugar, atrás do Corinthians e da Universidad de Chile, e com 38% de aproveitamento em três jogos, chegou às oitavas de final. Acabou eliminado pelo então atual campeão, Grêmio. Em 2014, tristeza ainda maior.

Mesmo com a euforia do retorno à Libertadores após 18 anos, o Botafogo comandado por Eduardo Húngaro naufragou na primeira fase com sete pontos em seis jogos. Acabou na lanterna de um grupo que tinha ainda Unión Española, do Chile, San Lorenzo, da Argentina e Independiente del Valle, do Equador. Por isso, a campanha de 2017 pode mesmo entrar para a história do clube com pelo menos um empate nesta noite. A vitória deixaria o time na liderança isolada, com dez pontos e ainda dois jogos a disputar.

E pode representar, também, a vaga antecipada paras as oitavas de final caso o Atlético Nacional, atual campeão, derrote em casa o Estudiantes. Em seu jogo de número de 50 no comando da equipe, Jair Ventura sabe da responsabilidade. Com os desfalques de Montillo, lesionado, e Bruno Silva, suspenso, ele admite escalar até três atacantes – Pimpão, Guilherme e Sassá. Talvez um time rompedor, ao estilo do Furacão. Uma tentativa de refazer os laços da história. No mesmo clube. Na mesma primeira fase. De novos, sorrisos. De pai até filho. De Jairzinho a Jair.

Botafogo na primeira fase da Libertadores

1963* – Oito pontos em quatro jogos disputados. Eliminado pelo Santos de Pelé na semifinal.

1973* – Nove pontos em seis jogos. Time se classificou na semifinal após vencer jogo de desempate, contra o Palmeiras. Na semifinal, ficou em último no grupo 2, atrás de Colo Colo e Cerro Porteño.

1996 – Sete pontos em seis jogos. Time avançou em terceiro lugar no grupo, mas foi eliminado pelo Grêmio nas oitavas.

2014 – Sete pontos em seis jogos. Eliminado na primeira fase, como lanterna do grupo.

*Na época, a vitória rendia dois pontos. Atualizadas, as pontuações seriam o equivalente a 12 (1963) e 13 pontos (1973).

Os comentários estão encerrados.