Ayrton Lucas Marcelo Oliveira
Sem confiança, Fluminense leva aula de competitividade do São Paulo
03 setembro 00:21
Marlos Moreno Flamengo
O Flamengo que não vibra cai de novo e ensaia retorno de rotina melancólica
06 setembro 03:22

‘Trio do desfalque’ é responsável por 31% dos amarelos do Flamengo na temporada

Paquetá Diego Flamengo América-MG 2018

(Divulgação / Flamengo)

Paquetá Diego Flamengo América-MG 2018

(Divulgação / Flamengo)

Talvez salte aos olhos as ausências de todos de uma só vez, mas o desfalque do trio Diego, Lucas Paquetá e Cuellar não tem mesmo caráter de surpresa para o Flamengo. Fora do confronto diante do Internacional nesta quarta-feira, os três jogadores somam em 2018 um total de 33 dos 106 cartões amarelos recebidos pelo elenco nos 49 jogos oficiais disputados até agora nesta temporada. Em miúdos, 31% do total.

É bem verdade que, desta vez, os desfalques ocorrem por motivos distintos. Paquetá e Cuellar estão a serviço das seleções brasileira e colombiana, respectivamente, enquanto Diego recebeu cartão amarelo na derrota para o Ceará, domingo no Maracanã. O camisa 10, aliás, é o mais indisciplinado do elenco: em 34 jogos na temporada, Diego recebeu 14 amarelos. Seis apenas no Campeonato Brasileiro, o último graças a um carrinho no fim da partida contra o Ceará.

Na sua cola está Lucas Paquetá. Em nova função nesta temporada, com a necessidade de ser mais combativo, o meia chegou a 11 amarelos nos 41 jogos disputados no ano. São quatro no Brasileiro, quatro na Copa do Brasil e três na Libertadores. Neste último caso, até de forma polêmica. Com o Flamengo já classificado, Paquetá foi escalado diante do River Plate na última rodada da primeira fase mesmo pendurado. Ainda no primeiro tempo acabou amarelado e por isso desfalcou o time no jogo de ida das oitavas de final, contra o Cruzeiro, no Maracanã.

Embora seja o terceiro no ranking de amarelados do Flamengo, o volante Cuellar tem marca complicada no geral: além dos oito amarelos, também recebeu quatro cartões vermelhos nos 37 jogos oficiais que disputou na temporada. Outros jogadores com alto número de cartões no elenco são Henrique Dourado, com nove amarelos e um vermelho, Everton Ribeiro, seis amarelos, Léo Duarte, cinco amarelos e um vermelho, e Diego Alves, com seis advertências. Contra o Internacional, o Flamengo terá como pendurados o goleiro Diego Alves, o lateral-direito Rodinei, o meia Everton Ribeiro e os atacantes Marlos Moreno e Geuvânio.

Confira os números de cartões do trio em 2018

Diego

34 jogos – 14 amarelos – (6 no BR / 1 Copa BR / 3 no Carioca / 4 na Libertadores)

Lucas Paquetá

41 jogos – 11 amarelos – (4 no BR / 4 na Copa do BR / 3 na Libertadores)

Cuellar

37 jogos – 8 amarelos (4 no BR / 2 na Carioca / 2 na Libertadores) e 4 vermelhos (3 no BR / 1 no Carioca)