Barcelona Messi 2017
Os deuses e a noite épica
09 Março 15:28
Neymar Fifa 17 Barcelona
Milagre virtual? Tentamos repetir a classificação do Barcelona no videogame
11 Março 02:24

Em um jogo, Fla lucra na Libertadores mais do que em todo Campeonato Carioca

Maracanã Flamengo Libertadores 2017 estreia San Lorenzo
Maracanã Flamengo Libertadores 2017 estreia San Lorenzo

Maracanã recebeu mais de 60 mil pessoas na estreia do Flamengo na Libertadores

Um jogo da Libertadores foi mais lucrativo para o Flamengo do que todos os sete disputados na Taça Guanabara. A comprovação veio no borderô da goleada de 4 a 0 sobre o San Lorenzo, em um Maracanã lotado com 60 mil pessoas. Mesmo com as despesas para reativar o estádio, o clube embolsou R$ 638 mil. No Campeonato Carioca, até agora, o saldo foi de R$ 447 mil.

Apesar da renda polpuda de quase R$ 3,7 milhões, a segunda maior da história do clube, o Flamengo teve gastos tão vultosos quanto para reabrir o Maracanã. O valor chegou a R$ 1,7 milhão. Outra grande despesa foi o chamado custo operacional do jogo, de R$ 425 mil. No total, as despesas chegaram a R$ 2,9 milhões. O saldo rubro-negro foi de R$ 750 mil, mas houve ainda uma penhora, no valor de R$ 112 mil. A diretoria rubro-negra considerou satisfatória.

“Mesmo com todos os desafios, em função do estado em que encontramos o Maracanã e o pouco tempo de preparação, a operação correu muito bem. As bilheterias suportaram o enorme número de troca de ingressos. Chegamos a bater o recorde do estádio, tirando Copa do Mundo e Olimpíadas, de números de acesso por minuto. Batemos 800 pessoas por minuto acessando o estádio”, disse o diretor de novos negócios do Flamengo, Marcelo Frazão.

Das 60.989 pessoas que estiveram no Maracanã, 4.059 se beneficiaram das leis de gratuidades e 2.878 assistiram ao jogo nas cadeiras cativas.  E quem também sorriu com a Libertadores foi a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, a Ferj. Em seu próprio campeonato, a entidade foi quem mais lucrou no primeiro turno nos jogos de todos os quatro grandes clubes, com cobrança de taxas de 10% da renda bruta. R$ 455 mil. Apenas na partida do Flamengo na competição sul-americana, R$ 362 mil entraram nos cofres da entidade, devido à cobrança da mesma taxa.

Os comentários estão encerrados.