Maracanã Flamengo Libertadores 2017 estreia San Lorenzo
Em um jogo, Fla lucra na Libertadores mais do que em todo Campeonato Carioca
09 Março 19:34
Nenê Vasco Macaé 2017
O Vasco é de Nenê: com meia em campo, 72% dos gols do time passam pelo camisa 10
13 Março 15:14

Milagre virtual? Tentamos repetir a classificação do Barcelona no videogame

Neymar Fifa 17 Barcelona

Neymar no Fifa 17

Diante do abalo e da polêmica que o duelo entre Barcelona e Paris Saint-Germain causou no mundo da bola, valeria repetir o confronto. Seria possível uma virada desse tamanho também no mundo virtual? O Chute Cruzado resolveu tentar. Dois jogos. Uma vez no PES 2017 e outra no Fifa 17. Ambos com o Barcelona como mandante, diante do PSG que, assim como no mundo real, vencera o jogo de ida por 4 a 0. Mas, às vezes, a realidade parece ser bem mais fantasiosa do que o mundo virtual. E sem influência decisiva de árbitro, claro.

Em ambos os jogos, o apito generoso do alemão Deniz Aytekin não esteve nos gramados virtuais. Talvez por isso não houve nenhum pênalti nos confrontos. A primeira tentativa de classificar o Barcelona também no mundo virtual ocorreu no PES 2017. O contrato exclusivo com o jogo da produtora japonesa Konami rendeu um Camp Nou retratado à beira da perfeição.

Messi PSG Barcelona PES 2017

Messi comemorando um gol no PES

Hino do Barça na entrada em campo, jogadores caracterizados. Assim como no mundo real, a vantagem do time da casa começou cedo. Neymar saiu da esquerda, driblou todos e tocou no cantinho do goleiro Areóla. 1 a 0. Fácil jogar com o Barcelona, pressionar o time francês. O PSG se acovardou também no PES. Logo, Messi, em chute de fora da área, fez 2 a 0.

No segundo tempo, faltariam dois gols ao menos para disputar a vaga virtual nos pênaltis. Com 15 minutos, Messi tocou para Suárez, que bateu no cantinho. 3 a 0. A vida imita o virtual? Que nada. Neymar perdeu um gol na cara, Aréola parou um chute de Messi no finzinho e Rakitic acertou a trave, de cabeça, no último lance. Derrota feia do PSG, mas a classificação, no PES 2017, foi para Paris. Quem sabe, então, no Fifa 17?

Neymar Fifa 17 Barcelona

Neymar comemora o gol no Fifa 17

O Barcelona está muito bem caracterizado também no jogo da produtora canadense EA Sports. Mas o Camp Nou, exclusividade do rival PES, não existe. É um campo genérico. E lá foi Neymar, Messi, Suárez e companhia atrás da vaga. Rapidinho, 1 a 0, golaço de Suárez de fora da área. Mas o PSG do Fifa 17 era muito mais duro do que o de PES 2017. Em uma jogada pela direita, Rabiot empatou o jogo com leve toque que bateu Ter Stegen. Mundos real e virtual ficaram, então, mais próximos.

O Barcelona teria de fazer 6 a 1, como ocorreu quarta-feira, para avançar. Mas, desta vez, não houve apito amigo. Eem uma linda jogada de Suárez, Neymar colocou o Barça na frente, com 2 a 1. Aos 44 minutos, de novo o virtual imitou o real. Falta na entrada da área. Messi trocado por Neymar. Será? Mas a bola bateu na barreira. Nos acréscimos, Iniesta fez um belo gol de fora da área, fechando o placar em 3 a 1. Não teve jeito. No mundo virtual, duas vitórias do Barcelona. Duas classificações do PSG. Sem milagre.

Os comentários estão encerrados.